quinta-feira, 28 de julho de 2011

SESSÃO INTERNACIONAL - FILHOS DA CARIDADE

No momento em que escrevo estas linhas, a sessão internacional que participo já terminou. Podemos dizer que foi um mês de graça e também de desafio. Começo pelos desafios, apontando a importância da comunicação de modo que as pessoas nos entendam. Foi difícil para mim os primeiros dias até me acostumar com a língua francesa, tão diferente de nosso bom e velho português. Também, a adaptação de meu organismo ao fuso horário e não menos importante, o hábito alimentar francês que, pela sua cultura dispensa o arroz e feijão, diariamente.
Mas consegui me adaptar e com a adaptação vem os fatos que nos causam admiração. Conheci Joseph Boucheaud, padre que se destacou na internacionalização do Instituto, os padres que vivem na casa (maison) Saint Joseph, as amizades conquistadas, a troca de emails, os trabalhos que alcançaram o êxito desejado, os lugares históricos de nossa congregação e outros locais muito bonitos em Paris. Agradeço pela acolhida na casa, as pessoas que trabalharam para o êxito deste encontro e a experiência adquirida. Que Deus abençoe a todos.
No dia 03 de agosto estaremos, eu e o padre Edson, desembarcando em terras brasileiras, em nosso "Florão da América", trazendo na bagagem outra etapa de experiência adquirida. Chegaremos e a missão continua, trazendo jovens vocacionados e trabalhando para a visibilidade de nossa congregação religiosa através da "EVANGELIZAÇÃO DOS POBRES E TRABALHADORES".
Obrigado a Deus por este momento, sigo anunciando Jesus encarnado o Cristo da fé e pela força do Espírito Santo, que eu contribua na construção de uma Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica; a "Ecclesia" desejada e fundada por Jesus Cristo. Que o meu testemunho cristão seja força para outros e alerta para as pessoas desejosas em fazer da vida religiosa um trampolim para status social, poder e fama. Não estou imune aos vícios, e peço sempre à nossa Mãe Maria, Mestra Geral e Espiritual dos Filhos da Caridade, que interceda por mim a Deus, e me ajude a ser uma pessoa simples, honesta e enfim, um bom Filho da Caridade.
Até a volta, mataremos as saudades e como diz uma música conhecida:

NO PEITO EU LEVO UMA CRUZ;
NO MEU CORAÇÃO O QUE DISSE JESUS


 Padre Luiz, fc

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Bate Papo no Blog