sábado, 9 de abril de 2011

Lázaro que volta a Viver.

É o último domingo da quaresma e nos traz o episódio de Lázaro (Deus ajuda). O Evangelho joanino mostra sete sinais feitos por Jesus: A transformação da água em vinho nas bodas de Caná; a doença de um filho do funcionário real; o paralítico à beira da piscina de Betesda; a fome do povo; o barco dos discípulos ameaçados pela água do mar; o cego de nascença e finalmente, a morte de Lázaro.

O Evangelho de João tem um estilo sacerdotal e por isto, o recado volta-se a todos e com mais intensidade a quem é batizado, porque, o batizado é sacerdote, rei e profeta. Analisando neste prisma, percebe-se que todo sacerdote (batizado) tem algumas ações bem específicas:



  1. Busca ajuda para quem está doente e não o abandona.


  2. Não tem medo de evangelizar as pessoas, independentemente do lugar.


  3. Sabe interpretar o que existe na realidade.


  4. Não compactua com a morte.


  5. Busca trazer a pessoa à vida e combate as estruturas da morte.


  6. Professa sua fé em Jesus Cristo morto e ressuscitado.


  7. Vai ao encontro de Jesus Cristo.


  8. Vive liberto das opressões e escravidão.


  9. Vive segundo o Espírito.


  10. Comove-se e fica triste em ver as pessoas sem ânimo de vida.


  11. Liberta dos túmulos e das trevas impostas pela vida.


  12. Dá condições à pessoa para viver e caminhar livre.

O sacerdócio inaugurado por Jesus Cristo é muito prático, requer disciplina e decisão para mudar de vida, converter-se e mostrar que somos parte de um povo sacerdotal que está a serviço do Reino de Deus. Esta missão depende de cada um de nós.



Padre Luiz Carlos, fc


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Bate Papo no Blog