terça-feira, 12 de outubro de 2010

História de Nossa Senhora Aparecida - Parte 1

Na segunda quinzena de outubro de 1717, três pescadores, Filipe Pedroso, Domingos Garcia e João Alves, ao lançarem sua rede rede para pescar no rio Paraíba, colheram a imagem de Nossa Senhora da Conceição e no lugar denominado porto de Itaguassu. Filipe Pedroso levou-a para sua casa conservando-a consigo até 1732, quando a entregou a seu filho Atanásio pedroso. Este construiu um pequeno oratório onde colocou a imagem da virgem que ali permaneceu até 1743. Todos os sábados, a vizinhança reunia-se no pequeno oratório para rezar o terço. Devido a ocorrência de milagres, a devoção a nossa Senhora começou a se divulgar, com o nome dado a Nossa Senhora Aparecida. A 26 de julho de 1745 foi inaugurada a primeira capela. Como esta, com o passar dos anos, não comportasse o número dos devotos, iniciou-se em 1842 a construção de um novo templo inaugurado a 08 de dezembro de 1888. Em 1893, o bispo diocesano de São Paulo dom Lino Deodato Rodrigues de Carvalho, elevou-a à dignidade de "Episcopal Santuário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida". A 08 de setembro de 1904, por ordem do papa Pio X, a imagem milagrosa foi solenemente coroada e a 29 de abril de 1908 foi concedido ao Santuário o título de Basílica Menor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Bate Papo no Blog