domingo, 14 de março de 2010

Filhos ou Pai Pródigo?

O Evangelho dominical desta 4a. semana da quaresma traz a parábola do filho pródigo. Relata a Boa Nova segundo Lucas que o filho mais jovem pede ao seu pai a herança que ele tem direito e depois desta decisão desperdiça tudo numa vida pouco cristã, chegando a viver pior que os porcos. Também nesta parábola aparece a personagem do filho mais velho que não aceita a conversão do irmão e muito menos a acolhida oferecida pelo pai.
Pode ser que em nosso dia a dia tenhamos dias em que nos parecemos com o filho mais jovem trocando a liberdade pela libertinagem. Pode ser que sejamos semelhantes ao filho mais velho, capazes de não acolher aquele nosso irmão ou irmã disposto a mudar de vida. E, com a graça de Deus, tomara que sejamos como o Pai, preocupado com seus filhos que sofrem, ansiosos por receber de volta o filho que se reencontra na vida e quando há esta possibilidade, não se propaga a mágoa ou o rancor, mas pelo contrário, abraça, acolhe e celebra a vida encontrada pelo ser humano convertido e disposto a testemunhar Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Bate Papo no Blog