terça-feira, 4 de agosto de 2009

Evangelização

A evangelização não pode ficar preocupada somente com o presente, mas também com o passo posterior.
Cada lugar tem uma realidade e para cada desafio, o evangelizador(a) não pode dispensar da oração, de anunciar profeticamente e com coragem o mistério pascal, de se aproximar a multidão de excluídos existentes e por fim, que seja evitada a inveja.
Para que a missão pelo Reino de Deus aconteça, peçamos a Deus que nos livre do comodismo, do relaxo na vida de oração e da inveja, conduzindo-nos ao nosso semelhante como fez Jesus Cristo, Bom Pastor.
Lembremo-nos que não nascemos perfeitos, mas nosso modelo de vida pode nos conduzir à santidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Bate Papo no Blog